top of page

Ser Feliz!

Jamie Lowe

1 min read

Como ser feliz? O que fazer para ser feliz? O que traz felicidade?


São inúmeras as perguntas com tom de urgência para ser/ter/sentir a tal da felicidade. Mas, já se questionaram o que é e como se apresenta a felicidade? Será que é possível vivenciá-la mesmo em momentos onde a dor, a tristeza e demais angústias estão afloradas? Bom, já adianto que sim, assim como é possível vivenciar angústias em momentos de alegria.

A conversa sobre felicidade é e deve ser longa, por isso não esgotarei o que penso e estudo em um só assunto. Hoje, faço um convite para pensarmos a felicidade com ajuda da Psicanálise. Freud, no seu texto “O mal estar na civilização” (um dos meus preferidos), de 1924, nos possibilita pensar a felicidade como uma possibilidade de experiência e não como uma condição da existência humana, ou seja, para ser humano não é necessário ser feliz. Por não ser uma condição, achar que ela pode ser permanente é uma tremenda ilusão. Por isso, não é muito difícil encontrar no consultório ou até fora dele, pessoas que discursam “Pensei que isso me traria felicidade e não trouxe”.

Se você espera que a felicidade seja a protagonista no palco da existência, lamento, viverá iludido ou frustrado. Se compreender a felicidade como contingência da existência humana, como colocou Lacan, a possibilidade dela acontecer ou não, estará mais próximo de gozar as inúmeras possíveis experiências de felicidade, longe de idealizações.

Freud descreveu muito bem as três fontes de mal estar na nossa civilização: nossa relação com o semelhante (família e sociedade), a fragilidade de nosso próprio corpo e o poder superior da natureza. Visto que podemos sobreviver diante disso, podemos vivenciar a felicidade em qualquer tempo, mesmo durante uma situação ruim, que une o poder superior da natureza e a fragilidade de nosso próprio corpo, como fonte potente de mal estar. Não é sobre buscar ser feliz ou seguir receitas para a felicidade, é sobre aceitar sua transitoriedade.

Jamie Lowe

1 min read

bottom of page